quarta-feira, 17 de agosto de 2011

-

Às vezes a gente não dorme direito. Às vezes a gente não pensa direito. Às vezes a gente não sente direito, não come direito, não vive direito. Tem um zumbido no meu ouvido que não me deixa em paz, sou eu sozinha. Eu acho que não estou bem, verdadeiramente falando. Minha cabeça dói. Às vezes não se tem fome, é por isso que a gente não come. Às vezes a gente não tem sono, é por isso que a gente não dorme. Dentro de mim tem um troço ruim, ruim demais, ninguém sabe. Eu me arrepio de tanto que dói. Eu queria pedir por socorro, mas ninguém ouve - mentira: eu não me permito gritar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário