terça-feira, 27 de março de 2012

O aceitamento

Fecho gaveta entreaberta
reviso maçaneta
fechadura da janela
conto meus passos
meus toques, meus vícios
meu piscar de olhos
meço até palavra
limpo os objetos
desentorto quadro
na tentativa de
me desentortar
até que me convenço
de que jeito nenhum há
que a mim castre
a essência de ser
o que sou
fui
e sempre serei:
troncha
assumidamente troncha.

Nenhum comentário:

Postar um comentário